31 de dezembro de 2011

Ano novo e inferno astral

Acho desde que eu entrei na "pré-adolescência", toda minha tentativa de comemorar o ano novo foi frustrada. Não sei se porque o verão sempre me deixou desconfortável, ou porque o tipo de bagunça que as pessoas costumam gostar de fazer no ano novo sempre me fez sentir muito inadequada, por não entender : COMO ASSIM CALOR E BARULHO SÃO LEGAIS?. Uns três anos pra cá, eu tentei entrar na onda, usar roupa e branca, pular as ondinhas,  "beber pra esquecer", comer lentilha, etc. mas não teve jeito algum. Toda vez que bebi na virada, comecei as primeiras horas do ano passando mal, a roupa branca ficou esquecida no armário, e acabava de ressaca e arrependida por ter criado qualquer expectativa, ou investido dinheiro nessas tentativas (entre diversas outras coisas desagradáveis que melhor nem comentar). 
Desde então é só eu começar a ouvir os fogos de artíficio que toda a sensação esquisita vem à tona.Deve ser mesmo porque são 5 dias antes do meu aniversário, inferno astral FERVENDO.

Esse ano,apesar de já estar me matando de saudades da minha família -gato -cachorra -meu quarto-meus livros- estou feliz por estar em Dublin, onde o ano novo é silencioso e frio, onde se eu quisesse a data poderia passar "em branco" (hahahaha) e eu nem perceberia.

Eu decidi não planejar nada, no fim meus amigos me convidaram pra um jantar tranquilinho, planejado hoje mesmo,com comidinhas e afins-  e ainda de quebra vou usar um vestido que me dá "azar" pra ver se eu consigo anular a maldição da minha "virada".

Não que eu despreze a idéia do ano novo num total, afinal eu adoro rituais , só que esse definitivamente não é o meu feriado. De qualquer maneira, amanhã vou começar a fazer minha listinha de desejos e planos para 2012 , afinal no 1º dia do ano passado, eu decidi vir para Dublin, E VOILÁ, aqui estou :)

De qualquer maneira feliz ano novo para quem ler esse post :)






4 comentários:

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigo Pena disse...

Feliz ano novo!
Também tenho um certo temor da virada de ano, mas esse ano também passei tranquilo e com amigos.
Espero que todo o "azar" seja realmente anulado e que os desejos se concretizem de forma simples. Sem muitas expectativas, sem muitas surpresas.
O importante é que seja bom!
Felicidades!

Dasty-Sama disse...

Feliz ano novo (bem atrasado!).
O meu ano novo foi um desastre, você não tem ideia HAHA. Gosto de Ano Novo na praia mesmo porque gosto de fogos de artifícios, mas principalmente de reunir a família na hora do jantar. Quanto a roupa branca, sempre dispenso ela, opto por outras cores, e às vezes até preto :B

Sanches disse...

Ano novo também me traz essa sensação estranha, combina calor, barulho e histeria coletiva (3 coisas que eu odeio) com a sensação de que eu sou um extraterrestre por não querer fazer parte disso tudo.